Biografia

 

ACOMPANHANDO-ME À GUITARRA, CANTO POR TODO O MUNDO, PERSISTINDO EM FAZER DA MINHA VIDA UMA AVENTURA

 

Natural de Aveiro, foi com a banda sonora de José Afonso, Fausto, Chico Buarque, Bob Dylan, ou Paul Simon que, ainda na adolescência, passei longas noites de exploração da voz e da guitarra. Aprendendo com os amigos e procurando os locais com melhor som acústico para nos reunirmos e partilhar o amor pela música. 

 

Isto acontecia enquanto estudava e praticava vários desportos federados, tendo chegado a ser atleta profissional de andebol. Sempre conciliei o percurso académico com o desporto, cultivando os princípios da ética desportiva em geral e do desporto colectivo em particular.

 

Entre 1991 e 1996 estudei Filosofia na Universidade de Coimbra.

 

Terminado o curso e a carreira de atleta profissional, fiz a primeira de muitas viagens que viriam a mudar o rumo da minha vida. Trabalhando como músico, cantando e tocando guitarra percorri vários países da Europa, levando na bagagem o amor pela música e em especial pela música tradicional portuguesa e a improvisação.

 

Viajando sozinho, sempre procurei interagir com os músicos locais, desenvolvendo o gosto pela partilha, comunicação e improvisação musical ao vivo.

 

Entre 2000 e 2005 morei no bairro de Alfama, em Lisboa onde integrei a Companhia de Dança de Raquel Oliveira, como cantor de fado e flamenco juntamente com a cantora Ela Vaz.

 

Desde então tenho produzido espetáculos ao vivo trazendo a palco as várias personagens que me habitam.

 

Destaco os espetáculos ANDARILHO 2.0, FADO soloO Xú com os quais tenho percorrido o pais cantando em palcos de referência como a Casa da Música do Porto e outros menos famosos mas onde sou sempre muito bem recebido.  Tenho tido a sorte de partilhar o palco com alguns dos artistas que mais admiro: Quiné Teles, Mu Mbana, Rui Aires, Pedro Esparza, Rodrigo Neves, Nuno Ferreira, Ela Vaz, Robin Hevness e tantos outros.

Entre 2012 e 2015 pertenci ao Coro Voz Nua

 

Desde 2013 que me dedico também à narração/locução destacando-se os trabalhos de voz off nos documentários:

 A Campanha do Creoula de André Valentim Almeida 2013

 A Biblioteca de Vasco Graça Moura  / Universidade do Porto 2016

 Dia 32 de André Valentim Almeida 2017

Em 2014 gravei o CD Rui Oliveira FADO

Em 2015 gravei o CD Rui Oliveira FADO solo

Em 2016 gravei com DJ Deão o CD ANDARILHO 2.0

Em 2017 continuo a fazer o ANDARILHO 2.0, o FADO solo, O Xú e trabalho num novo espectáculo de poesia e improvisação musical usando apenas a voz e uma loop station

“Comunicando, construímos quem somos”

DISCOGRAFIA

2005 | Chão do Rio

2007 | Postal do Canada

2013  | Rui Oliveira FADO

2014  | Rui Oliveira FADO solo

2015  | ANDARILHO 2.0